Biomateriais que imitam ossos humanos para aplicações médicas, tintas elaboradas com nanotecnologia que são autorregenerativas e protegem metais da corrosão de forma inteligente e cerâmicas com características bactericidas para uso em indústrias alimentícias são alguns exemplos de projetos de pesquisa do Instituto SENAI de Inovação em Eletroquímica.

Localizado no Campus da Indústria, em Curitiba, no Paraná, o instituto possui seis laboratórios preparados para atender às demandas da indústria de variados setores. Com uma equipe de especialistas que inclui doutores e mestres, o instituto também desenvolve sensores de monitoramento ambiental e para controle de bioprocessos.

Ícone prédio Infraestrutura

Área atual: 400m2 dentro do SENAI Campus da Indústria – FIEP

Ícone Laboratório Principais laboratórios


 

Ícone Alvo bicolor azul marinho e azul ciano Segmentos de mercado

Ícone microscópio Principais equipamentos

Ícone medalha bicolor azul escuro e azul claro Credenciamentos e premiações

 

 

 

 

Áreas de atuação


 

Soluções tecnológicas contra a corrosão


O Instituto SENAI de Inovação em Eletroquímica é especializado no desenvolvimento de novos revestimentos e tintas inteligentes com características autorregenerativas, inibidoras de corrosão, lubrificantes, bactericidas, autolimpantes, entre outras propriedades. Trabalha também na caracterização de corrosão, importante método para desenvolver novos produtos anticorrosivos.

ícone lupa bicolor azul marinho e azul ciano Serviços oferecidos

 

Desenvolvimento de novos dispositivos de acúmulo de energia (baterias)


O Instituto SENAI de Inovação em Eletroquímica possui conhecimento e parcerias internacionais para desenvolvimento de novos tipos de baterias – como as de íons-lítio, metal-ar, células a combustível – muito utilizadas em equipamentos eletrônicos e que armazenam de dez a cem vezes mais energia que outros tipos. Além disso, trabalha na realização de melhorias nas baterias existentes. Desenvolve ainda novas rotas de reciclagem de baterias automotivas (chumbo-ácidas), com impacto positivo para o meio ambiente.

ícone lupa bicolor azul marinho e azul ciano Serviços oferecidos


Nanotecnologia para novos materiais


Em um ramo cada vez mais competitivo da indústria, as soluções do Instituto SENAI de Inovação em Eletroquímica aplicam nanotecnologias, a manipulação de materiais em escala atômica e molecular, para o desenvolvimento de novos tipos de tintas, cerâmicas, argamassas, cosméticos, lubrificantes, ligas metálicas, compósitos e biomateriais.

ícone lupa bicolor azul marinho e azul ciano Serviços oferecidos


Sensores eletroquímicos para saúde, alimentos e meio ambiente


Mudanças de clima e de tempo tornam o monitoramento de condições ambientais – como temperatura, umidade, presença de fungos e bactérias – essenciais para empresas de alimentos, por exemplo. O instituto desenvolve sensores miniaturizados para reconhecimento e monitoramento do meio ambiente e da concentração de gases, o que garante segurança ao evitar atmosferas explosivas.

O Instituto SENAI de Inovação em Eletroquímica desenvolve ainda imunobiossensores eletroquímicos – que utilizam material biológico como bactérias, fungos, vírus, enzimas e anticorpos na determinação de substâncias – para uso em áreas de saúde e no controle de bioprocessos de fabricação de produtos químicos, farmacêuticos e cosméticos, por exemplo.
 

ícone lupa bicolor azul marinho e azul ciano Serviços oferecidos