engenharia de superfícies

VOLTAR

Instituto SENAI de Inovação em Engenharia de Superfícies

O Instituto SENAI de Inovação em Engenharia de Superfícies, instalado em Belo Horizonte, Minas Gerais, em parceria com a indústria, busca a inovação em produtos e processos por meio da alteração de propriedades de superfície visando ao aumento de desempenho, à durabilidade, à confiabilidade e à qualidade de componentes. Com uma infraestrutura moderna, o instituto conta com doze laboratórios, equipamentos de escala-piloto e especialistas multidisciplinares para atuar nas diversas demandas do mercado.

Ícone prédio Infraestrutura

Área construída atual: 1.590 m² dentro do Centro de Inovação e Tecnologia SENAI-FIEMG

Ícone Laboratório Principais laboratórios

  • Laboratório de Caracterização Química
  • Laboratório de Rotas Químicas
  • Laboratório de Espectroscopia de Emissão Ótica (GDS)
  • Laboratório de Análise de Imagem
  • Laboratório de Caracterização Eletroquímica
  • Laboratório de Análise Topográfica
  • Laboratório de Molhabilidade
  • Laboratórios de Intemperismo
  • Laboratório de Preparação de Amostra
  • Laboratório de Tribologia
  • Laboratório de Ensaios de Adesão e Dureza
  • Laboratório de Galvanoplastia
  • Planta-Piloto de Deposição a Plasma


 

Ícone microscópio Principais equipamentos

  • Planta-Piloto de deposição a plasma (PVD, PECVD e Nitretação)
  • Planta-Piloto de galvanoplastia
  • Equipamentos para caracterização tribológica: tribômetros, nanoindentador e Revetest (riscamento)
  • Equipamentos para caracterização química: Raman, FTIR, GDS, UV-Vis
  • Equipamentos para caracterização física: perfilômetros, tensiômetros, microscópio confocal, Haze test
  • Equipamentos de corrosão cíclica, exposição UV e umidade

Ícone Alvo bicolor azul marinho e azul ciano Segmentos de mercado

  • Automotivo
  • Cosméticos e Higiene Pessoal
  • Eletroeletrônico
  • Energia
  • Indústria Nacional de Vidros
  • Manufatura Aditiva
  • Máquinas e Ferramentas
  • Mineração
  • Óleo e Gás
  • Saúde


 

 

 

Áreas de atuação


 

Química Molhada

A modificação de superfícies e o desenvolvimento de revestimentos por métodos que envolvem meios líquidos (aquosos e orgânicos) possibilitam a inovação de produtos como eletrodomésticos, veículos e ferramentas, além de inovações em processos de fabricação. Essas tecnologias aplicadas a metais, plásticos e vidros visam adicionar funcionalidades como hidrofobicidade, antiembaçante, antirreflexo, antibacteriana e decorativa, além de aumentar resistência a intempéries.

ícone lupa bicolor azul marinho e azul ciano Serviços oferecidos

  • Metais: superfícies anticorrosivas, autorregenerativas, resistentes ao desgaste, autolimpantes, anti-incrustantes, isolantes, biocompatíveis e antibacterianas

  • Polímeros: superfícies, condutoras e biocompatíveis

  • Vidros: superfícies antirreflexo, autolimpante, antiembaçante, fotocrômica, eletrocrômica e condutora

  • Tecnologias de aproveitamento de resíduos para o desenvolvimento de revestimentos

  • Síntese e modificação de partículas


Tecnologia do Plasma e Tribologia

A tecnologia do plasma vem ganhando cada vez mais visibilidade entre os processos de fabricação de revestimentos. Tais processos, considerados ambientalmente amigáveis, permitem bom controle de propriedades, possibilitando a formação de superfícies super-hidrofóbicas, de extrema dureza, baixo atrito, metalizadas e decorativas. Além do plasma, o instituto pesquisa os efeitos de atrito e desgaste dos materiais, oferecendo soluções em revestimentos (nitretos, carbetos, DLC) para aumentar a vida útil dos produtos.

ícone lupa bicolor azul marinho e azul ciano Serviços oferecidos

  • Metais: superfícies anticorrosivas, resistentes ao desgaste, decorativas, autolimpantes, antiincrustantes, isolantes, biocompatíveis e antibacterianas

  • Polímeros: superfícies duras, condutoras, decorativas e biocompatíveis

  • Vidros: superfícies antirreflexo, autolimpante, antiembaçante, fotocrômica, eletrocrômica, decorativo e condutora

  • Desenvolvimento de bancadas de teste para avaliação de desgaste de componentes mecânicos

  • Soluções tecnológicas visando ao aumento de desempenho, competitividade, produtividade, confiabilidade e segurança no setor industrial