Localizado em Belo Horizonte, em Minas Gerais, o Instituto SENAI de Inovação em Processamento Mineral atua em pesquisa e desenvolvimento tecnológico para a inovação da indústria mineral nacional, contribuindo para melhor aproveitamento dos recursos disponíveis, com ganhos de eficiência, redução de custos e impactos ambientais.

Instalado em uma área de 2.350 m², atualmente conta com dez laboratórios, uma planta-piloto multiprocessual e uma equipe multidisciplinar altamente experiente.

Ícone prédio Infraestrutura

Área total das instalações (em obras de ampliação): 2.350m²

 

Ícone Laboratório Principais laboratórios


 

Ícone microscópio Principais equipamentos

Ícone Alvo bicolor azul marinho e azul ciano Segmentos de mercado

 

 

 

 

Áreas de atuação


 

Diagnóstico Mineral para Processo


Com o objetivo de subsidiar o desenvolvimento de uma rota de processo, antes é necessário realizar ampla e completa caracterização dos minerais de interesse: petrografia e mineralogia, incluindo estudos de identificação, associação e liberação mineral (MLA); caracterização química qualitativa, semi-quantitativa e quantitativa (EDX, UV-VIS e fotômetro) e caracterização física (granulometria, densidade, área superficial e porosidade), além de ensaios específicos de WI (Work Index) e moabilidade.

ícone lupa bicolor azul marinho e azul ciano Serviços oferecidos


Desenvolvimento e Otimização em Processamento Mineral


Pesquisa e desenvolvimento de novas rotas de processamento mineral e otimização de processos existentes, visando à melhoria de qualidade e produtividade. Conta com laboratórios e equipamentos de processamento mineral por métodos físicos (mesas vibratórias, espirais, jigues, concentradores centrífugos, separadores magnéticos e eletrostáticos), físicoquímicos (flotação em células mecânicas, colunas de flotação, floculação), químicos (lixiviação) e térmicos (fornos estático e rotativo).

ícone lupa bicolor azul marinho e azul ciano Serviços oferecidos


Escalonamento de Processos Minerais


Escalonamento das rotas de processamento mineral para verificar aproveitamento industrial e ajustar parâmetros de processo. Pesquisas com emprego de planta piloto multi-processual: cominuição, classificação, separação eletrostática e magnética, concentração gravítica e meio denso, flotação em célula convencional e coluna, aglomeração, pirólise (fornos estático e rotativo) e lixiviação.

ícone lupa bicolor azul marinho e azul ciano Serviços oferecidos