pesquisa

VOLTAR

Conheça nossas áreas de pesquisa

Instalado em uma área de 2.350 m², o Instituto SENAI de Inovação em Processamento Minreal, atualmente conta com dez laboratórios: mineralogia e petrografia; caracterização física; caracterização química e controle de processos; cominuição e classificação; concentração gravítica e meio denso; separação magnética e eletrostática; flotação e floculação; metalurgia extrativa e materiais; preparação de amostras, e laminação.

Com uma equipe multidisciplinar altamente experiente, o instituto tem também uma planta-piloto multiprocessual e mais de uma centena de equipamentos de processamento físico, físico-químico, químico e térmico, de bancada e piloto.

Conheça as principais áreas de pesquisa do Instituto SENAI de Inovação em Processamento Mineral:

Diagnóstico-mineral-para-processo.jpg

Com o objetivo de subsidiar o desenvolvimento de uma rota de processo, antes é necessário realizar ampla e completa caracterização dos minerais de interesse: petrografia e mineralogia, incluindo estudos de identificação, associação e liberação mineral (MLA); caracterização química qualitativa, semiquantitativa e quantitativa (EDX, UV-VIS e fotômetro) e caracterização física (granulometria, densidade, área superficial e porosidade), além de ensaios específicos de WI (Work Index) e moabilidade.

Linhas de pesquisa:

  • Estudos com caracterizações mineralógica, química e física

Pesquisa e desenvolvimento de novas rotas de processamento mineral e otimização de processos existentes visando à melhoria de qualidade e produtividade. Conta com laboratórios e equipamentos de processamento mineral por métodos físicos (mesas vibratórias, espirais, jigues, concentradores centrífugos, separadores magnéticos e eletrostáticos), físico- químicos (flotação em células mecânicas, colunas de flotação, floculação), químicos (lixiviação) e térmicos (fornos estático e rotativo).

Desenvolvimento-e-otimização-em-processamento-mineral.jpg

Conheça as linhas de pesquisa:

  • Desenvolvimento de novas rotas de processamento mineral
     
  • Otimização de rotas de processamento mineral com foco em qualidade e produtividade
     
  • Processamento de minérios complexos e de baixos teores
     
  • Pesquisas em processamento de ultrafinos e a seco
     
  • Desenvolvimento de rotas de processo para obtenção de insumos
     
  • Soluções em processos para minimização de rejeitos
     
  • Pesquisas em simulação de fluxo de partículas (DEM) no processamento mineral
     
  • Emprego da simulação computacional de processos industriais na mineração
     
Escalonamento-de-processos-minerais.jpg

Escalonamento das rotas de processamento mineral para verificar aproveitamento industrial e ajustar parâmetros de processo. Pesquisas  com  emprego de planta-piloto multiprocessual: cominuição, classificação, separação eletrostática e magnética, concentração gravítica e meio denso, flotação em célula convencional e coluna, aglomeração, pirólise (fornos estático e rotativo) e lixiviação.

Linhas de pesquisa:

  • Pesquisas com emprego de planta-piloto de processos


Conheça as principais plataformas tecnológicas do Instituto SENAI de Inovação em Química Verde:

Mineralogia de processo

Métodos celulares e moleculares de detecção e monitoramento em matrizes biológicas

Escalonamento em planta piloto